" Em verdade vos digo :
Seja a Alma grande ou pequena,
escute meu amigo!
Nem tudo vale a pena!"

(zé)

"A última tentativa de soneto do Libertino"


Minha querida,não te assuste com esta
Minha palidez tão aparente,veja:
É que meus olhos ainda estão em festa
Estão em mim,os vapores da cerveja

Minha querida,não se assuste tanto
Minha aparência nunca foi tão bela!
Minha bela,guarde o teu triste pranto
Minha belíssima e triste donzela

Bebi,amei,chorei,agora morrerei
Neste leito ao lado teu,parto feliz
Levo comigo tudo que não fiz e sei

Deixo-te como minha simples aprendiz
Mas antes de partir, deixo esta lição:
Sonetos não traduzem nosso coração!

- Só versos livres traduzirão!

2 comentários:

Katzumi disse...

Sr. Camelo!
Versos absolutamente aceitaveis!


-adoroo *___________*

Ğiђ disse...

Belo Post !!!

" - Só versos livres traduzirão! "