" Em verdade vos digo :
Seja a Alma grande ou pequena,
escute meu amigo!
Nem tudo vale a pena!"

(zé)

Muda.




Era outono, e em teus olhos de geada
Emoldurava-se um soslaio de desgosto
Era o gosto do amor, perdendo o gosto
Era o mel, que muito usado, se acabara

Foste azul, teu céu em meu terraço
(Eram cores sem cadência, sem razão)
E de sempre eloquente, o coração,
Do excesso de amar, veio o cansaço.

Então busquei outras cores e estações
Em que a vida fosse menos pesarosa
Apaguei todo vermelho e todo rosa

Descolori as imensas vastidões
E agora, vago sem perceber
O que me passa, me passou, que há de ser.



*Baseado na canção Love Will Tear Us Apart do grupo de rock Joy Division.
*Baseado em experiências pessoais, também.



Um comentário:

Prisca, insana criança disse...

Estou aqui para dizer que frequento ainda seu espaço. Sempre. Embora não comente ainda admiro teu jeito de exprimir sentimentos.

Embora por vezes eu me pergunte o que está acontecendo quando leio e tento entender. Conhecer o autor atrapalha, não me permite libertar minha mente para minhas interpretações próprias.

Não fique tanto tempo sem postar...

Até!